Opiniões dos Hóspedes

Todas estas "reviews" e opiniões são dos nossos hóspedes, mandadas para nós por email ou escritas à mão. Todas foram autorizadas para publicação.






"A nossa estadia foi maravilhosa! A Cláudia foi muito solicita e amistosa! Adorámos a casa, o jardim e o tanque-eco!"

Uma família de 4, da Holanda


"Nós adoramos o espaço (por isso voltámos este ano): o bom gosto do interior das casas bem ao estilo rústico do típico monte alentejano; o facto de ser uma pequena quinta privada e fechada, mas não vermos “as vedações” e por isso também mantermos a ilusão do horizonte alentejano sem limites; o facto de ter um pomar e um riacho ao fundo, refrescando o ar quente; o sermos recebidos por pessoas muito, muito simpáticas (a Cláudia é uma querida! Prestável e simpática, fazendo-se presente e ausente na adequada medida); a recepção com as compotas e bolinhos da região; o facto de não ter televisão e ter wi-fi :-)….
Apreciamos imenso as noites e os jantares na pequena mesa exterior (foi aí que uma rabanada de vento mandou a toalha para cima da vela anti-insecto… :-( ), o sol e o luar junto ao tanque de rega transformado em pequena e refrescante piscina. Quando pensamos em Alentejo, pensamos em Horta Vermelha. Francamente bom e, seguramente, a repetir!"

Uma família portuguesa, com crianças e um cão feliz





"Gostámos imenso! A vossa Horta Vermelha é de facto um sítio maravilhoso e que nos deixou muitas saudades. Fomos muito bem recebidos pela Cláudia que é de uma simpatia fantástica e adoramos tudo, desde a casa à quinta, o sossego, o vosso cestinho...tudo mesmo.
Tenho a certeza de voltaremos ainda este Inverno."

Uma família de Braga, Portugal



"Gostaríamos muito de partilhar a nossa experiência, durante a nossa estadia de 10 a 18 de Junho na Horta Vermelha. Apreciámos os sons das ovelhas, o cheiro da lavanda e de outras ervas, os passarinhos a cantar, e especialmente a paz e silêncio. Fomos muito bem-vindos pela Cláudia, uma pessoa muito simpática. Havia também um cesto completo com coisas boas e pequeno-almoço, que apreciámos muito.
Quase não havia necessidade de cozinhar, porque os restaurantes em Borba serviam comida boa e saborosa. Especialmente o Vila Branca. Pessoal muito simpático e prestativo, que é o que temos visto dos Portugueses até agora. Visitamos Portugal muitas vezes por causa das boas e calorosas pessoas, e descobrimos Borba como outro local para estar, em especial a Horta Vermelha."

Um casal, da Holanda






"Foi um prazer.
Adorava abrir o armário de manhã e sentir o cheiro a alfazema!
Adotei o sistema e os meus armários agora também têm saquinhos com alfazema para me recordar das férias o ano inteiro :)
Gostámos muito de estar na Horta Vermelha e recomendamos."

2 adultos e 3 crianças de Lisboa


"A Horta Vermelha é um recanto da Natureza onde imediatamente se sente o ritmo cardíaco a abrandar e a ajustar-se naturalmente aos ritmos e sons em redor: os pássaros, as cigarras, os galos, a água, o vento. É o local perfeito para respirar, (re)equilibrar, descansar, (re)pensar e viver de uma forma mais simples e pura.
A nossa bebé de 15 meses aprendeu a gostar de "piscina" num tanque simples, no meio do campo, mesmo com a água fria corrente, sem cloro, sem água "azul" e sem mais diversão. Aprendeu a gostar de amoras acabadas de colher à beira do ribeiro. Aprendeu a gostar de figos à sombra da figueira.
A nossa pré adolescente de 13 anos não pediu televisão, nem internet. Leu um livro nessa semana, jogou cartas, tomou muitos banhos e passeou muito a irmã pela quinta.
Saíamos da Horta apenas para almoçar numa das cidades ou vilas circundantes e fazer um novo pequeno roteiro turístico todos os dias, mas passando a maior parte do tempo em casa, a aproveitar o sossego e a privacidade que tínhamos por lá.
Gostaria de voltar noutra estação do ano, para poder experienciar outros tons, outros sabores e outros sons! Agrada-me a ideia de poder estar refugiada dentro da casa acolhedora, com a salamandra acesa na sala e o frio lá fora.
Obrigada por terem este espaço à disposição. Até breve."

Uma família de Leiria, Portugal





"De regresso a Lisboa, aproveito esta mensagem para, em primeiro lugar, vos felicitar pelo excelente trabalho que efectuaram na Horta Vermelha, muito em especial na deliciosa “Casa Sobreira”, que nos proporcionou a todos (crianças e avó incluídos…) momentos de grande tranquilidade e de raro deleite, com o único “senão” de ter sido por poucos dias… Ficámos realmente enamorados pelo encanto especial da “Casa Sobreira”, que aliás me pareceu a mim, descendente directo de alto-alentejanos, ter sido recuperada e estar preparada com um grande respeito e um enorme carinho pela Arquitectura tradicional da nossa Região, de tal modo que esperamos poder voltar brevemente, de preferência com amigos, assim que as circunstâncias o permitam. Mais uma vez o nosso muito obrigado por tudo (extensivo, como é óbvio, à simpática e prestável Françoise), também pela ajuda preciosa que os diversos elementos enviados nos deram na preparação da viagem e da nossa estadia."

De uma família de Lisboa



"Oui merci nous avons fort bien profité de votre maison, de son environnement, de votre gastronomie et de vos vins! Merci à Françoise pour ses bons conseils! Bonnes fêtes de fin d'année."

De uma família francesa






"Nós certamente recomendamos a Horta Vermelha a outros e talvez até voltaremos algum dia! O único obstáculo é o facto de que existem tantos lugares agradáveis ​​para visitar no mundo. As chances de voltarmos ao mesmo lugar são limitadas, mas o lugar guardado para a Horta Vermelha é certamente muito elevado na lista de "volta a". Obrigado por uma estadia maravilhosa!"

(traduzido do inglês) de uma família da Holanda

"Caros Sónia e João. Apenas queria dizer que tivemos uma estadia mesmo maravilhosa na Horta Vermelha, é um sítio muito especial e esperamos mesmo voltar um dia. Felicidades. Elaine, Matthew, Agnes e Frida"

(traduzido do inglês) de uma família de 5 do Reino-Unido







Muito obrigado pela atenção e simpatia disponibilizada ao longo de todo o processo. De facto, ficamos todos agradavelmente surpreendidos com as condições das casas, bom gosto e simpatia existente. Percebesse que o vosso projecto foi concretizado com muita paixão e profissionalismo. Acertaram também em cheio com a escolha da Françoise, como vossa colaboradora, que para além de possuir uma simpatia genuína ainda oferece um sentido de humor bastante peculiar!!! No geral gostaria de vos dar os nossos parabéns e desejar muito sucesso para o futuro. Nesta altura que todos atravessamos, exemplos como a “Horta Vermelha” tornam-me mais optimista para o futuro. Cumprimentos, Zé Pedro, Carolina, Daniela e Vasco
Regards,
Zé Pedro, Carolina, Daniela and Vasco"

de uma Família Portuguesa


"Bonjour, Apreciámos a nossa estadia nas vossas casas. Esteve tudo muito bem ! As flores estavam a brotar em força. A localização é perfeita para visitar as povoações em redor. Recomendo!"

(traduzido do francês) Stéphanie e Família de França







"Quando aqui chegámos, pensámos que tínhamos chegado ao paraíso! Isto é um tesouro escondido - muito raro de ser encontrado (especialmente quando se viaja e se marca a partir de outro continente). Nós viemos para aqui desde o Canadá, na nossa primeira visita a Portugal, e esta será uma das nossas melhores memórias, sem dúvida! Paz e silêncio, e ainda assim amistoso e com muito para fazer e de ver, nas povoações e zonas circundantes. Algumas coisas que fizemos enquanto aqui e que recomendamos: ver as vacas e as ovelhas a descer os montes, ao sabor de um copo de vinho!(...)"

(traduzido do inglês) de um hóspede do Canadá (num guest book feito e deixado pelo próprio) 





"Sim, a nossa estadia na Horta Vermelha foi excelente. Adorámos a paz e graciosidade do espaço, assim como as pessoas que conhecemos em Borba foram muito amistosas e abertas. Infelizmente (ou felizmente!), o tempo estava tão quente que as nossas caminhadas foram limitadas a umas duas horas. Por isso, as caminhadas foram limitadas à frescura das primeiras horas do dia. De facto, começámos umas das caminhadas propostas por vós, mas o calor era demasiado. Enfim - tivemos simplesmente que arranjar uma sombra e enrolar para ler um livro! A Françoise foi uma excelente embaixadora do vosso espaço e também da região. Gostámos das suas visitas e das suas sugestões. Vou querer visitar outra vez, nos meses mais frescos e de carro, para explorarmos melhor a região. Talvez, se pudermos, vamos tentar ir na primavera. Muito obrigado por tudo."

(traduzido do inglês) J. van der Horst, de uma Hóspede num Outubro invulgarmente quente